Rio Pomba é aterrado para construção de praça particular em Pádua

Flagrante da irregularidade foi feito pela Polícia Ambiental. Proprietário não foi encontrado, mas responderá por crime ambiental.
(Fotos: Divulgação/ 3ª UPAm)
   Com mesa e banquinhos, gramado e algumas árvores, uma praça particular construída em um aterro sobre o Rio Pomba em Santo Antônio de Pádua foi flagrada pela Polícia Ambiental na manhã da última quarta-feira (11) no bairro Carvalho.


   De acordo com informações da 3ª Unidade de Polícia Ambiental (UPAm), as agentes realizavam uma fiscalização quando se depararam com a propriedade aterrada na Avenida Sebastião Teixeira de Carvalho. O aterro na margem do rio teria área aproximada de 100 m². O local é considerado área de preservação permanente (APP).


    Uma pessoa que testemunhou a ação da Polícia disse que o proprietário estava em Itaperuna a trabalho.

   Embora o responsável não tenha sido localizado, ele foi autuado por crime ambiental e será intimidado posteriormente a prestar depoimento na 136ª Delegacia Legal do município.

   Ainda segundo a 3ª UPAm, a população pode ajudar a combater crimes ambientais denunciando à Polícia Ambiental. O telefone do Disk Denúncia da unidade é (22) 2561-3228.

Compartilhe

Notícias Relacionadas

Próxima
« Seguinte
Anterior
Anterior »

Itaocara em Foco